Buscar
0

Livros


Filtros

Filtros

Avise-me quando chegar

O MARINHEIRO QUE PERDEU AS GRAÇAS DO MAR
Yukio Mishima
Estação Liberdade

0 avaliações

O marinheiro que perdeu as graças do mar explora partidas e permanências, perdas e ganhos, individualidade e abdicação desta, amor e ódio, violência e paz, explora o convite à vida em dinâmica que é o verão e a inação, a negatividade, a penumbra do inverno, estações que, aliás, intitulam as duas partes em que está dividido este livro.

 

O marinheiro chama-se Ryuji Tsukazaki, a quem parece estar predestinado algum tipo de glória. Ele faz parte da tripulação do Rakuyo, navio cargueiro que o transporta ao porto de Santos, aqui no Brasil, e às sombrias aspirações que o atormentam. Mas não só ondulante é Ryuji: ele também aporta e é atraído pela terra firme, onde se lhe oferece uma vida muito diferente da marítima. Yukio Mishima constrói uma engenhosa história com este personagem que trava diversas relações e é apresentado através de cada uma das perspectivas de seus interlocutores, fora a do narrador. Assim, o personagem e, por extensão, sua jornada acabam por ser multifacetados e não se deixam definir unilateralmente, dando aos leitores o que pensar e interpretar.

  • Páginas
    176
  • Encadernação
    BROCHURA
  • ISBN
    9786586068252
  • Peso
    255 gr
  • Formato
    14 × 21 × 1.1 cm

Descrição

O marinheiro que perdeu as graças do mar explora partidas e permanências, perdas e ganhos, individualidade e abdicação desta, amor e ódio, violência e paz, explora o convite à vida em dinâmica que é o verão e a inação, a negatividade, a penumbra do inverno, estações que, aliás, intitulam as duas partes em que está dividido este livro.

 

O marinheiro chama-se Ryuji Tsukazaki, a quem parece estar predestinado algum tipo de glória. Ele faz parte da tripulação do Rakuyo, navio cargueiro que o transporta ao porto de Santos, aqui no Brasil, e às sombrias aspirações que o atormentam. Mas não só ondulante é Ryuji: ele também aporta e é atraído pela terra firme, onde se lhe oferece uma vida muito diferente da marítima. Yukio Mishima constrói uma engenhosa história com este personagem que trava diversas relações e é apresentado através de cada uma das perspectivas de seus interlocutores, fora a do narrador. Assim, o personagem e, por extensão, sua jornada acabam por ser multifacetados e não se deixam definir unilateralmente, dando aos leitores o que pensar e interpretar.

Informação adicional

Peso 0,255 kg
Dimensões 1,1 × 14 × 21 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “O MARINHEIRO QUE PERDEU AS GRAÇAS DO MAR”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outros livros de Yukio Mishima