Buscar
0

Livros


Filtros

Filtros

R$67,40
Comprar
A REPRESENTAÇÃO DA CRIANÇA NA LITERATURA INFANTOJUVENIL
Coelho, Isabel Lopes
Perspectiva

0 avaliações

Se existe um campo que faz por merecer a atenção da pesquisa no Brasil, é o da literatura infantil. Não nos faltam autores, editores ou livreiros oferecendo ao pequeno (e grande) leitor uma vasta gama de títulos importantes com grande qualidade editorial. Mas a literatura crítica desse gênero ainda não recebe o destaque que merece. A representação da criança na literatura infantojuvenil: Rémi, Pinóquio e Peter Pan, porém, pode estar inaugurando um novo momento na área. Pois o livro de Isabel Lopes Coelho é um exemplo de maturidade da crítica de literatura infantil entre nós, como bem destaca João Luís Ceccantini em seu prefácio. De cada um dos três clássicos do gênero, Coelho “pinça um excerto meticulosamente selecionado por seu potencial metonímico”, analisando-os “num estilo elegante e cheio de vida”, muito bem fundamentado na fortuna crítica internacional. Dessa composição de vozes, as três obras, e a literatura infantil como um todo, emergem ressignificadas, e o leitor adulto vai finalmente ser apresentado a essa criança que não é uma personagem plana, criada com propósitos edificantes, mas sim sujeito de sua(s) própria(s) história(s), em seus próprios termos.

  • Páginas
    208
  • Encadernação
    BROCHURA
  • ISBN
    9786555050387
  • Peso
    215 gr
  • Formato
    13.5 × 22.5 × 1.3 cm

Descrição

Se existe um campo que faz por merecer a atenção da pesquisa no Brasil, é o da literatura infantil. Não nos faltam autores, editores ou livreiros oferecendo ao pequeno (e grande) leitor uma vasta gama de títulos importantes com grande qualidade editorial. Mas a literatura crítica desse gênero ainda não recebe o destaque que merece. A representação da criança na literatura infantojuvenil: Rémi, Pinóquio e Peter Pan, porém, pode estar inaugurando um novo momento na área. Pois o livro de Isabel Lopes Coelho é um exemplo de maturidade da crítica de literatura infantil entre nós, como bem destaca João Luís Ceccantini em seu prefácio. De cada um dos três clássicos do gênero, Coelho “pinça um excerto meticulosamente selecionado por seu potencial metonímico”, analisando-os “num estilo elegante e cheio de vida”, muito bem fundamentado na fortuna crítica internacional. Dessa composição de vozes, as três obras, e a literatura infantil como um todo, emergem ressignificadas, e o leitor adulto vai finalmente ser apresentado a essa criança que não é uma personagem plana, criada com propósitos edificantes, mas sim sujeito de sua(s) própria(s) história(s), em seus próprios termos.

Informação adicional

Peso 0.215 kg
Dimensões 1.3 × 13.5 × 22.5 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “A REPRESENTAÇÃO DA CRIANÇA NA LITERATURA INFANTOJUVENIL”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *