Buscar
0

Livros


Filtros

Filtros

R$56,00
Comprar
BAIXO ARAGUAIA
Maria Lutterbach
Quelônio

0 avaliações

Uma menina que está prestes a entrar na adolescência narra suas vivências diárias em uma pequena cidade do centro-oeste brasileiro. Para ela, adolescer é uma experiência instintiva, um pouco como estar bicho, quando o corpo passa a ser outro, em uma metamorfose mobilizadora: trocar de pele, exalar novos cheiros, dilatar a pupila para um mundo novo que se apresenta, mas ainda não pode ser abocanhado. Narrado em primeira pessoa, o romance de estreia da escritora e realizadora cinematográfica Maria Lutterbach traz uma protagonista que vê o mundo com olhos livres, aberta a experiências divertidas e intensas, muitas vezes complexas, vividas como ritos de passagem: a primeira depilação, o primeiro beijo, a primeira relação. O cenário é uma localidade empoeirada do Baixo Araguaia, no centro-oeste brasileiro, onde nunca acontece nada, “nem coisa ruim”, como diz a personagem. A protagonista, de quem não sabemos o nome, é uma garota que em algum momento dos anos 1990 vive os dias de lá para cá em sua bicicleta, em companhia das amigas Cris e Fran. A certa altura, um circo chega à cidade, e o encontro com pessoas tão diferentes deixa a garota entre fascinada e espantada, impactando sua compreensão de mundo e a sua posição nessa realidade contraditória, a um só tempo sensual, violenta e transformadora. O livro é dividido em três partes e os capítulos do romance ganham nomes de bichos (como “Franga”, “Rata”, “Pombo”, “Piranha”, “Girino”) que ora aparecem na narrativa, ora são usados como metáfora para alguma cena, ora cumprem as duas funções, em um recurso poético e inusitado, como o estilo da autora, que adere ao ponto de vista da personagem principal. O tema do processo de transformação rápido e intenso do adolescer é pouco usual na literatura brasileira, e nas mãos da autora ganha um ritmo vertiginoso, feito de capítulos curtos e cinematográficos, em que as ações se sucedem e vão transformar a vida da protagonista.

  • Ano de edição
    1
  • Encadernação
    BROCHURA
  • ISBN
    9786587790237
  • Peso
    50 gr

Descrição

Uma menina que está prestes a entrar na adolescência narra suas vivências diárias em uma pequena cidade do centro-oeste brasileiro. Para ela, adolescer é uma experiência instintiva, um pouco como estar bicho, quando o corpo passa a ser outro, em uma metamorfose mobilizadora: trocar de pele, exalar novos cheiros, dilatar a pupila para um mundo novo que se apresenta, mas ainda não pode ser abocanhado. Narrado em primeira pessoa, o romance de estreia da escritora e realizadora cinematográfica Maria Lutterbach traz uma protagonista que vê o mundo com olhos livres, aberta a experiências divertidas e intensas, muitas vezes complexas, vividas como ritos de passagem: a primeira depilação, o primeiro beijo, a primeira relação. O cenário é uma localidade empoeirada do Baixo Araguaia, no centro-oeste brasileiro, onde nunca acontece nada, “nem coisa ruim”, como diz a personagem. A protagonista, de quem não sabemos o nome, é uma garota que em algum momento dos anos 1990 vive os dias de lá para cá em sua bicicleta, em companhia das amigas Cris e Fran. A certa altura, um circo chega à cidade, e o encontro com pessoas tão diferentes deixa a garota entre fascinada e espantada, impactando sua compreensão de mundo e a sua posição nessa realidade contraditória, a um só tempo sensual, violenta e transformadora. O livro é dividido em três partes e os capítulos do romance ganham nomes de bichos (como “Franga”, “Rata”, “Pombo”, “Piranha”, “Girino”) que ora aparecem na narrativa, ora são usados como metáfora para alguma cena, ora cumprem as duas funções, em um recurso poético e inusitado, como o estilo da autora, que adere ao ponto de vista da personagem principal. O tema do processo de transformação rápido e intenso do adolescer é pouco usual na literatura brasileira, e nas mãos da autora ganha um ritmo vertiginoso, feito de capítulos curtos e cinematográficos, em que as ações se sucedem e vão transformar a vida da protagonista.

Informação adicional

Peso 0.05 kg
Dimensões 20 × 14.5 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “BAIXO ARAGUAIA”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *